B.O.X.X. FILMES & ENTRETENIMENTO

B.O.X.X. FILMES & ENTRETENIMENTO

BOXXFILMES

Loading...

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Documentário sobre a inserção de jovens portadores de necessidades especiais em atividades culturais


Em 2009 o cineasta Bruno Saglia foi convidado pela Casa da Moeda do Brasil para fazer a direção do projeto Atitude Cidadã que aconteceu no período de Setembro de 2009 à Março de 2010, voltado à inclusão de portadores de deficiências físicas, neurológicas e surdez no mercado cultural, através de oficinas e aulas práticas com montagem de um espetáculo no final, todos os participantes foram integrados a um programa especial através das artes cênicas, à comunicação, integração social e cultural. Com resultados positivos os participantes do projeto já começaram a ser incluídos no mercado de trabalho, alguns deles foram selecionados para atuarem como protagonistas num curta-metragem “Entre Amores” do cineasta Bruno Saglia. No transcorrer das oficinas foram analisados um por um onde foi percebida as possibilidades individuais. Uma ação criada para preencher uma lacuna numa parcela da sociedade tão carente de oportunidades para os artistas portadores de deficiências. Com o término da primeira fase o cineasta Bruno Saglia com sua assessora Marlucia Farias que é professora de Libras tomaram para si o desafio em dar continuidade ao trabalho desenvolvido com estes jovens. Este Grupo já se apresentou no Teatro Raul Cortez com o espetáculo “Alice na Cidade de Pedra e o coração de Diamante” E todo projeto foi registrado num documentário produzido pela B.O.X.X. FILMES & ENTRETENIMENTO, com entrevistas dos pais contando as histórias emocionantes dos filhos, os resultados e as mudanças que aconteceram durante o desenvolvimento das atividades até o momento em que sobem num palco pela primeira vez para se apresentarem.









2 comentários:

  1. Foi de grande valia o período em que executamos esse trabalho, junto aos jovens e adolescentes com deficiências intelectuais. É prazeroso conviver ao lado de pessoas como você, talentoso e pronto à responder aos desafios colocados pelas necessidades desses jovens e adolescentes, reentegrando-os a sociedade, quebrando, portanto os paradigmas do preconceito e da indiferença. No desenvolvimento desse trabalho pude observar que as possibilidades existem, ainda que as aparências denunciam que não...

    Sua amiga que te admira muuuito.
    Marlúcia Farias

    ResponderExcluir
  2. Parabêns pela iniciativa!Só assim a sociedade vai acreditar mas na capacidade dos Deficientes(SERES ESPECIAS)como qualquer pessoa.
    Vamos acreditar,tudo pode,só depende de nós!!
    Sucesso pra vcs.
    Bjus

    ResponderExcluir